imagem_imagem_germano_ok

Germano Almeida é um bom prémio Camões. O prémio está descredibilizado, pelo fascismo brasileiro em 16, agredindo o premiado Nassar, com a patética e vergonhosa anuência do diplomata português de serviço, um verme rastejante; e pelo execrável nepotismo de 17, os eunucos acadêmicos a premiarem aquele Alegre. Germano Almeida, bom contador de histórias (sem e) é uma bela saída desse beco.

 

Anúncios