Imagem relacionada

Bruno já caiu, apenas ele não o terá percebido, porventura nisso acompanhado de alguns poucos dos seus indefectíveis. Já aqui se disse, e muito bem, que fez “tilt” (Marta Soares, mais institucional, diz que ele não está bem). É a minha convicção, sincera, e sem ponta de ironia e muito menos de sarcasmo. Desejo, com toda a sinceridade, o restabelecimento emocional do grande sportinguista Bruno de Carvalho.

Também aqui no blog se alude ao “que fazer?”. Muito bem. Sem sebastianismos está na hora de procurar alternativas (inexistentes nas últimas eleições). Convirá nisso não fazer “tábua rasa” deste brunismo, há coisas com as quais ele cortou às quais o clube não pode regressar.

Neste triste final, com laivos de Suetónio e de Shakespeare, mas em versão de teatro amador, Bruno dispara em todas as direcções, agora em particular contra a massa sportinguista, a nossa “demos”, agora afinal meros energúmenos que nos divertimos nas roulottes, servis aos nossos apetites. É o destrambelho final. A seguir quererá gritar “que artista morre em mim”, imaginando-se jogador, decerto. Não o deixemos chegar a isso. Recordemos e sublinhemos, entre os nossos coiratos e múltiplas minis, aqui mesmo debaixo da Segunda Circular, o quanto ele fez pelo clube e, acima de tudo, as esperanças que nos proporcionou. E desejemos-lhe as maiores felicidades. Estando prontos para o acolher entre nós, nas bancadas, como figura grada. O devido a um ex-presidente que se deu ao clube.

Anúncios

Diga de sua justiça, sff

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s